O Space Gueek notifica você pelo email cada vez que alguém comenta em um tópico seu, ou que participa, portanto verifique se sua caixa postal não esta cadastrando o Sapce Gueek como "SPAM", assim conseguirá receber as mensagens normalmente.

Guia de Headphones para games e músicas, e o marketing por trás deles. (PARTE 1)

Dalmo_Portela
Dalmo_Portela
Guia de Headphones para games e músicas, e o marketing por trás deles.

FAÇAM PERGUNTAS SOMENTE NA PARTE DOIS

>O Marketing

Primero vamos falar da coisa mais comum no mercado de som para games, e para músicas também, porém nem tanto.

Fones "gamers": Se você for num multiplayer de um jogo online, esses são os que você mais vai achar, fones com apelidos "gamer", "killer", "shocker" "blaster", e uma infinidade de nomes comerciais. Esses Headphones não são tão bons quanto a maioria pensa, na verdade não são quase nada se ouvidos por um audiofilo, não estou desprezando a escolha de um comprador que comprou achando que o seu produto ia ser bom, alias se estou fazendo um tópico de ajuda sobre isso, é o contrário, estou alertando as pessoas de que esses fones não são tão fodas quanto pensam.
Gamers leigos no assunto de som, procuram graves boomy, conforto, microfone e uma certa qualidade de audio, que para quem nunca ouviu um sistema Hi-Fi(Alta fidelidade) vai ser muito bom num fone Gamer qualquer.

Como vai ser citado mais para frente, os graves que se precisa para jogar com uma boa qualidade, é um grave que não esconda outras frequências, não é um grave boomy, e sim um grave rápido e seco. O conforto é um item muito presente nos headphones Hi-fi também. A aparência, admito que não é tão boa quanto e bem trabalhada quanto nesses Headphones gamers, porém na minha visão, eu não vou jogar ou ouvir músicas olhando para um espelho, e não vejo um campeonato ou uma lan-party como um desfile de moda, mas enfim, tem gente que gosta de se diferenciar. E quanto aos microfones, você pode comprar um microfone que gruda no fio, fazer um mod, ou comprar aqueles microfones de mesa que reproduzem até a conversa do vizinho.

Resumo: Esses fones gamers e fones USB não compensam, no quesito CxB, e não compensam para quem quer realmente um HP com uma boa qualidade para jogar e ouvir músicas.

Fones surround, ou 5.1 e 7.1: Esses HP's são aqueles gamers que são denominados surround, como os kits 5.1 e 7.1. Porém perceba que tudo é ilusão, evidentemente o fone não vai ter 6 drivers(alto-falantes) e um mini subwoofer, não há espaço para isso. O som nesses Hp's, é emulado, normalmente na plaquinha de som USB que vem com eles, ela cria a ilusão de 7.1, ou 5.1. Esses HP tem as mesmas características "porcas" que os fones gamers comuns. Já tive um desses e posso comprovar. Esses 7.1 e 5.1 surround podem ser emulados numa placa de som comum, tanto da Creative quanto da Asus, quanto em um DAC externo, usando um fone estereo de qualidade.

Um som estereo, não vai produzir um som 2D sem direções e profundidade, um bom estereo de um AD700, DT880, HD650, etc. Vai reproduzir e muito melhor as direções do som, sua profundidade e seus detalhes.

Psyko 5.1, Tritton AX Pro, e outros 5.1 “reais”
- Queria falar sobre os famosos fones "5.1 reais", que tem 5 speakers diferentes e um "sub-woofer" para criar um som surround na sua cabeça, vamos lá:

Primeiramente veja quais os componentes mais necessitados e caros dos HP: Os speakers, que são os alto-falantes. Vamos pegar um fone da mesma faixa de preço de um 5.1 famoso, o Psyko, custa 200U$. Por esse mesmo preço conseguimos comprar um Sennheiser HD598, vejamos, ele tem 2 speakers, vamos supor que cada um dele custa 75 dólares para a fabricação, ficando assim 150U$ o resto fica para a carcaça, fios e lucro da fábrica. Agora vamos ver o Psyko, ele tem 6 speakers, se tivessem a mesma qualidade ou qualidade parecida com o Sennheiser a ponto de competir com ele, seu preço de 200U$ teria que subir para 450U$...

Para ficar 200U$ teriamos que cobrar mais ou menos 25U$ para cada speaker, ficando 150U$ + carcaça e afins e o lucro do fabricante(isso é estimado ok? Provavelmente eles devem subir muito o preço para obter o "lucro do fabricante"), isso sem contar a plaquinha de som offboard que vem com esse Headset.

Outras Marcas:
Aqui vamos falar de outras marcas conhecidas por quase qualquer um, porém que seu CxB é muito ruim.

Bose: Os famosos Headphones da Bose! Não tão famosos no Brasil, mas se for para Europa ou principalmente os E.U.A , é o que você mais vai ver.

Skullcandy: esses fazem muito sucesso em quem quer desfilar por ai, eles são bem bonitos e tem designs bem acabados. Em geral, eles não tem muita qualidade de som, e seu principal defeito é a durabilidade, quebram fácil demais. A qualidade de som em alguns deles acaba sendo extremamente porca, fora que o preço de alguns não vale o que custa.

Beats by Dr. Dre: Outra marca que está fazendo muito sucesso no exterior, principalmente nos E.U.A, você ve vários artistas usando esses Heaphones.

Como nos Bose, aqui o isolamento está muito presente, e presente até demais em alguns modelos, muita gente reclama do “vácuo” que ele cria na sua orelha. Os graves também são bem fortes, mas nada que incomode.
Eu tive a oportunidade de experimentar o modelo TOP deles, o Beats Studio, e eu gostei, porém quando perguntei ao lojista o preço dessa beleza, fiquei até ofendido, pagar U$350 num HP do nível do meu SRH440(só que com mais bass e isolation) é jogar dinheiro no lixo, são absurdamente Over-priced’s.
Entre ou Registre-se para fazer um comentário.

Olá, bem-vind@!

Quer participar e contribuir? Clique no botão "Registrar-se" se é sua primeira vez aqui. Se você já é um dos nossos, clique em "Entrar".

Publicidade

Publicidade

© Copyright 2016 - Gueek Tecnologia para Games| Powered by Gueek Developers
Todos os Direitos Reservados